Arquivo da tag: Instrumentos Musicais

TECLADO MUSICAL INICIANTE – QUAL É O MELHOR PARA COMEÇAR?

Essa é uma pergunta muito comum quando se pensa em iniciar seus estudos no mundo das teclas, e a Super Sonora está aqui para solucionar sua dúvida!

Em primeiro ponto, existem subdivisões básicas que são necessárias para desenvolver o aprendizado, como escolher o instrumento correto. Generalizando, a escolha se baseia entre pianos e teclados, onde já explicados a diferença entre esses aqui no blog, mas entre teclados? Bem, existem muitas classes de teclados, e você precisa conciliar essas categorias ao seu objetivo final enquanto músico. Segue abaixo algumas dessas categorias:

TECLADO ARRANJADOR:

TECLADO MUSICAL CT-S300

 O Teclado Arranjador é o modelo mais popular de teclas no geral, contendo diversos ritmos e timbres, tornando-o versátil e muito procurado por artistas, e também pelo público iniciante, que encontrará muitas marcas, com grandes variedades de modelos e preços.

 Esses portam a capacidade de aplicativos, muitos com foco em aprendizagem, e com ultilização simples e direta, facilitando a adaptação do estudante.

 Sua amplitude de variações possibilita o aprendizado amplo, com partes rítmicas com bateria, guitarra, baixo…estudando as variações e construindo um repertório diverso, assim além do preço atrativo, você consegue tocar com instrumentos de banda, sem necessariamente ter uma.

 Existem linhas semi e profissionais dessa categoria, sempre com características próprias de inovação. Na Super Sonora você encontra a maior variedade! Marcas como Casio e Yamaha, clássicas do mercado, e também Spring, Custom Sound, Waldmann e muitos mais!

TECLADO SINTETIZADOR:

 Trata-se de um instrumento especialista em timbres!  Desenvolvido assim para a criação de sons de maneira artificial!

 Um teclado Sintetizador cria sons a partir de 3 maneiras:

  • Analógica: A manipulação direta de correntes elétricas gera sonorização.
  • Digital: Através da leitura de dados contidos numa memória simplesmente.
  • Modulação física: Modulação com Influência externa de computadores via dados matemáticos.

Para um Entendimento mais Simples e Compreensivo, o Arranjador seria um Especialista em Ritmos e Acompanhamentos, e o Sintetizador, em Timbres, assim ideal para músicos de banda, já que com a possibilidade de criação de novos timbres, a composição pode tomar grandes rumos

TECLADO WORKSTATION:

 São ferramentas complexas para a criação e composição musical! Contando assim com softwares internos próprios para essas atividades. Proporcionam síntese de sons e sequenciadores que se destinam à composição e arranjos de partes musicais ou músicas completas, muitas vezes sendo reconhecido como um sintetizador com sequenciador interno. Preciso para produções técnicas!

TECLADO CONTROLADOR:

TECLADO PANORAMA

 A Super Sonora é especialista nessa categoria! Os Teclados Controladores Nektar estão em alta em nosso site, venha conferir!

 Você já pensou em controlar outros instrumentos com o seu teclado? Bem, essa é a função do teclado controlador!  Esse instrumento controla timbres, efeitos, equalizações, programações, canais MIDI e muitos outros tipos de programas. Conexões são feitas de diversas formas, como cabo ou via conexão com computador, USB, transmissão sem fio entre outros, depende do modelo e marca desejados!

 As funções dos Nektar´s, por exemplo, são inúmeras, como a presença de pads musicais, conectividade abrangente, sendo windows, mac… Confira mais informações em nosso site!

São Teclados Leves, e com preços muito acessíveis em contraste com a diversidade de funções que o mesmo apresenta. Lembre-se do nome “controlador”, sozinho ele é praticamente inútil, então não se deixe levar pelo design inovador e por preços atrativos, essa é a dica!

Agora que você sabe as diferenças entre as classes mais populares de teclados, você está pronto para decidir entre os modelos, levando em conta o seu principal objetivo!

 Aqui na Super Sonora você encontra essa variedade de teclados, com descrições detalhadas de cada produto! Em caso de dúvidas, entre em contato conosco que atenderemos você com o maior prazer!

ESCOLHENDO SUA PRIMEIRA FLAUTA DOCE

Muita gente nos pergunta como escolher o melhor modelo de flauta para iniciar os estudos, hoje vamos te mostrar os critérios mais importantes na hora de sua escolha!

Para conhecer alguns modelos clique aqui!

MADEIRA OU RESINA?

A flauta doce (nesse caso) é um instrumento da família das madeiras e a flauta transversal é feita de metal. Mas, hoje em dia no Brasil grande parte dos instrumentos de plástico ou resina são apenas de brinquedo. Existem alguns modelos, de alguns fabricantes, que são adequados à iniciação musical e podem ser usados por quem começa a estudar flauta doce.

A Yamaha é uma grande fabricante de flautas doce de resina, além dela temos a Aulos e Zen-On.

BARROCO OU GERMÂNICO?

A diferença entre elas está na quantidade de furos que cada uma possui ao longo do instrumento. Com isso, a maneira de fazer as notas distingue um pouco uma da outra. Outra diferença marcante é o timbre, as flautas germânicas possuem um timbre mais claro, enquanto a flauta barroca tem um som mais limpo e suave.

A sonoridade da nota FÁ é uma grande diferença entre os dois modelos, na germânica é mais simples de ser executada, entretanto o restante das notas podem ser um pouco mais complicadas, sendo o aposto na flauta barroca.

No campo musical, a flauta germânica pode apresentar uma afinação não tão boa, tonalidade desequilibrada, entre outros pontos negativos.

Com todos esses critérios, a flauta barroca se tornou um pouco mais popular, além de possibilitar o desempenho de estudantes do instrumento com mais facilidade.

Com essas informações, você já sabe que instrumento comprar? Em nosso site temos diversos modelos para todos os gostos, para dar uma olhadinha clique aqui!

Valeu, gente! Até a próxima!

ahhh, não esqueçam de se inscrever em nosso canal do YouTube —> Canal do YouTube

TIPOS DE MICROFONE

Optar pela escolha do seu microfone é muito importante, por isso é necessário identificar para qual fim você irá utilizá-lo.

Confira algumas dicas da Super Sonora!

Pode ser utilizado nos seguintes cenários:

Microfone de mão: Debates, palestras, entrevistas e apresentações musicais.

Microfone Headset: Apresentações artísticas, centrais de atendimento.

Microfone Shotgun: Depoimentos, concerto musical, webinários.

Microfone de Lapela: Entrevistas, debates, aulas, webinários, gravações.

Microfone Condensador: Locução, webinário, debate, gravação de Voz.

Gostou dessas dicas? Compartilhe para que mais pessoas possam ter acesso à esse conteúdo.

Quer conferir esses modelos de microfone? Temos todos eles disponíveis em nosso site. Confira AQUI!

Valeu e até a próxima! =D

9 FUNÇŌES BÁSICAS DO TECLADO

Faaala galera, beleza?

Hoje viemos trazer um assunto que com certeza vocês já pesquisaram pra entender para que servem determinadas funçōes do teclado. Entre elas, as funçōes: Dual Voice, Split, Transpose, Octave, Metrônomo, Voice, Style, Tempo, como também as teclas sensitivas.

Então, vamos lá!!! Confira abaixo as nove funçōes básicas do teclado:

Dual Voice: Essa função permite que você una dois timbres. Ou seja, um segundo timbre vai sobrepor o timbre principal.

Split: Permite que você divida o teclado em duas partes. Ou seja, a parte da melodia (lado direito) e a parte da harmonia ou baixos (lado esquerdo).

Transpose: Permite que você altere a tonalidade da música de forma automática. Essa função apresenta-se como um facilitador em situaçōes emergenciais, pois caso você tenha dificuldades de transpor as notas, esse recurso serve como uma solução desse problema.

Octave: Permite alcançar regiōes mais graves ou mais agudas, que não são apresentadas na configuração original do teclado. Além disso, pode utilizar a função Split, pois assim divide o teclado em dois (lado direito e esquerdo) e em seguida, com a função Octave, faz com que as teclas do lado esquerdo sejam tocadas nas mesmas oitavas em comparação ao lado direito.

Metrônomo: Ferramenta que produz um pulso estável. Em um metrônomo, os pulsos são medidos em Batidas por minuto (BPM).

Voice: Possibilidade de escolher o timbre desejado. A quantidade de timbres varia, de acordo com a marca e o modelo do teclado.

Style: Caso uma pessoa opte por tocar o teclado com um acompanhamento mecânico, na função “Style”, há a possibilidade de escolher o ritmo desejado.

Tempo: Essa função está destinada aos tecladistas que optam por utilizar um acompanhamento mecânico. Esse recurso possibilita escolher o tempo ideal para execução do estudo ou da música.

Teclas sensitivas: Possibilidade de reproduzir a intensidade desejada do som. Quando você aperta a tecla do teclado com força, o volume produzido é forte, de maior intensidade. E quanto mais fraco apertar as teclas do teclado, mais fraco deve ser o volume produzido.

E aí, curtiu esse post? Esclareceu suas dúvidas? Se você gostou, compartilhe para que mais pessoas possam ter acesso à esse conteúdo. Ficou com alguma dúvida? Manda pra gente aqui nos comentários que te ajudamos.

Para conferir todas as opçōes de teclados musicais disponíveis em nossa loja, CLIQUE AQUI

Esperamos ter te ajudado de alguma forma e qualquer dúvida, estamos sempre à disposição.

Valeu e até a próxima! =D

O QUE É POLIFONIA EM MÚSICA?

Falaaa, galera! Beleza?! 

Hoje viemos trazer uma explicação bem breve e fácil para você entender o que são as famosas polifonias, viu? Se liga aí então e bora lá!!

  • A polifonia musical é constituída na interação de melodias entre duas ou quatro vozes que ao se comportarem de maneira melódica constituem relações harmônicas.
  • Então a polifonia é a quantidade de sons que os instrumentos podem exercer ao mesmo tempo, por exemplo o número de notas que podem ser tocadas ao mesmo tempo em um Teclado (o número de teclas que podem ser tocadas ao mesmo tempo, afim de que todas saiam o som)… CLIQUE AQUI para ver modelos de teclados.

E aí?! Espero que tenhamos esclarecido as coisas!

Fiquem ligadinhos aí que sempre traremos novas dicas, beleza?! 

Para você dar uma olhadinha em todos os instrumentos de teclas que temos, CLIQUE AQUI! 

AÇO OU NYLON? QUAL CORDA DE VIOLÃO ESCOLHER?

Para os iniciantes no violão essa é umas das primeiras dúvidas que surgem, “Qual o melhor encordoamento?”, “Aço ou Nylon?”. Hoje viemos resolver esse problema, bora lá!

Você precisará primeiro entender que os instrumentos de cordas de aço são diferentes dos de nylon, os violões possuem diferentes características. Portanto, você NÃO deve colocar cordas de aço em um violão de nylon e vice-versa. 

Violão de Nylon

  • É um instrumento menor, portanto também mais leve. Não possui o cutaway (característica no corpo do violão que facilita a execução de notas mais agudas.) Violão legal para iniciantes por ser mais fácil o transporte. 
  • Você deve saber da história que os violões com cordas de Nylon são recomendados principalmente para iniciantes para poupar dores. E de fato o violão no início se torna mais fácil de ser tocado com cordas de Nylon, mas claro que não é uma regra.
  • Esse tipo de instrumento é apropriado para ser tocado com os dedos, então nada de palheta. 
  • As cordas de nylon possuem um som mais suave e são mais usados para músicos que curtem um som mais clássico: Samba, MBP, dedilhados e música clássica. 
  • Uma desvantagem é que os violões com cordas de nylon desafinam com mais facilidade se comparado com um de aço. Isso acontece pois sofrem com a variação climática.

Violão de aço

  • Possui um tensor no braço para sustentar o peso das cordas, uma espécie de parafuso. 
  • Diferente dos violões com cordas de nylon, os de aço possuem sim o cutaway.
  • Por conta do brilho nas cordas e também o tamanho do instrumento, esse instrumento possui um som mais alto. 
  • Usado mais em ritmos como: sertanejo universitário, rock, reggae e pop.
  • As cordas de aço suportam palhetas, então você pode optar em como prefere tocar. 
  • As cordas de aço precisam ser trocadas com mais frequência. 

Belezaaa, agora conhecem as principais diferenças. Mas e aí?! Qual você deve escolher?

  • Você precisa analisar que ritmo musical vai preferir tocar, NÃO HÁ REGRA!

Isso que tínhamos para passar para vocês hoje, gente. Espero que tenham gostado e tirado todas as suas dúvidas. 

Para conferir as opçōes em violão de aço e nylon disponíveis em nossa loja, CLIQUE AQUI!

Se você quer ficar por dentro de mais dicas de música, CLIQUE AQUI e dê uma olhadinha em nosso canal do YouTube!

Se quiser dar uma olhadinha em nosso site, ACESSE POR AQUI! Lá você encontra toda linha de instrumentos de cordas, teclas, sopro e percussão, além disso trabalhamos com sonorização!

PARA QUE O CAPOTRASTE SERVE?

Falaaa, galera!!! Hoje viemos trazer um conteúdo muito interessante hein?! Bora lá!

– Falando de um forma bem simples, o “capo” é utilizado para cumprir a função de uma nota com pestana (acorde onde todas as cordas do violão são apertadas com o mesmo dedo).

Resultado de imagem para foto de pestana violao
Acorde com pestana

– É utilizado também para aumentar a tonalidade de determinada música sem precisar modificar os acordes.

Uma explicação bem breve e fácil pra vocês ficarem por dentro do assunto, viu?!

Se você está procurando um capo bem em conta, CLIQUE AQUI e dá uma olhadinha!!!

Gostou dessa dica?! Fica ligadinho aí que traremos mais novidades!

PIANO ACÚSTICO E PIANO DIGITAL. QUAL A DIFERENÇA?

Falaaa, galera! Beleza?! Vocês conhecem a diferença entre o piano acústico e o digital? Hoje viemos trazer algumas características de cada um!!

Piano Acústico: O som desse instrumento é gerado a partir dos martelos que tocam as cordas. Para construir um piano acústico são usadas mais de 6 mil peças, por isso é considerado um dos instrumentos de maior engenharia. 

Os pianos acústicos se dividem em dois modelos: O de armário, também conhecido como vertical. O mesmo é um modelo mais compacto. E o outro modelo é o de cauda, muito utilizado em auditório, ele pode chegar a 3 metros de comprimento.

A projeção do som é o grande fator que os diferencia, os pianos verticais por serem menores tem um som um pouco mais baixo. Enquanto os pianos de cauda, pelo formato de sua tampa quando aberta, projetam o som para um espaço maior.

Se quiser dar uma olhada em alguns modelos, CLIQUE AQUI! 

Piano Digital: O piano digital atende pelo nome de piano elétrico também, é uma opção mais barata e que não gera tanta manutenção.

O instrumento é mais compacto, facilitando muito o transporte. Mais indicado para os iniciantes. Alguns pianos digitais trazem recursos não encontrados nos pianos acústicos como variedade de timbres, gravação, metrônomo e diversos outros. 

Você pode visualizar alguns modelos, clicando AQUI!

Espero que tenhamos tirado as suas dúvidas, viu?!

Você pode dar uma olhadinha em algumas reviews, unboxings e testes que fizemos de alguns pianos em nosso canal do YouTube, acesse clicando AQUI!

QUAL A DIFERENÇA DAS PELES DE BATERIA?

Se você ainda é leigo no assunto, se liga aí que hoje vamos te ajudar!!!

É muito importante para um baterista entender a diferença entre as peles para fazer uma boa escolha. É preciso conhecer todas as características de som e durabilidade dos variados tipos e saber qual será mais indicada para você. Bora lá?!

Pele Porosa: Possui um som mais brilhante, definido e seco, por isso são mais utilizadas como pele de caixa. Existem peles porosas de filme simples, que possuem apenas uma camada e também de filme duplo. 

Pele Leitosa: Geralmente indicadas para iniciantes, pois é a pele que na maioria das vezes já vem com as baterias mais simples e um pouco mais baratas. Não possui uma durabilidade tão grande. Se você quiser dar uma olhada nos modelos de baterias, CLIQUE AQUI!

Pele transparente: As de filme simples mais utilizadas como peles de bumbo e de resposta; As de filme duplo são mais duradouras e possuem um som mais grave.

Pele Hidráulica: É uma pele criada pela marca Evans e consiste em uma pele de filme duplo, transparente, com uma espécie de óleo no meio das duas camadas de pele. É mais utilizada em estúdios.

Peles Mudas: São feitas de poliéster com uma grande densidade. Como o próprio nome diz, essa pele não produz o volume de som que uma bateria acústica traz, sendo então mais utilizada em baterias eletrônicas. Se quiser dar uma olhada em alguns modelos de baterias eletrônicas, CLIQUE AQUI!

E aí?! Curtiu? Fica ligadinho aí que sempre estamos trazendo novidades!!!

Se você quiser assistir uma review + teste de uma bateria eletrônica postada em nosso canal do Youtube, pode acessar por aqui!

Até a próxima!!!

PARA QUE SERVE O PEDAL SUSTAIN?

O que é? Para que serve? Como usar?

Hoje vamos falar um pouquinho sobre Pedal Sustain! Vamos te mostrar o que é, onde é utilizado e também te ensinar à usar do jeito certinho, fechou?!

Falaa, galera!! Beleza?! Como já foi dito, hoje tiraremos as suas dúvidas sobre o tão conhecido Pedal Sustain. Se você ainda é leigo nesse assunto não se preocupa, viu?! Hoje iremos te ajudar!! Bora lá!!

  • O QUE É?
    Sustain é um termo inglês e sua tradução significa SUSTENTAÇÃO. O pedal é basicamente isso: Enquanto o pedal estiver pressionado a nota estará sendo tocada.
  • ONDE USAR?
    No piano o pedal fica do lado direito, junto com os pedais do piano. Já no teclado o tecladista pode escolher onde utilizar, mas geralmente é utilizado no mesmo lugar que o piano. Clicando aqui você pode ver alguns modelos de teclados!
  • ELE JÁ VEM INCLUSO NOS INSTRUMENTOS?
    No piano, na maioria das vezes já vem incluso, mas no teclado você precisa adquiri-lo avulso, pode encontrar clicando aqui!
  • PARA O QUE É UTILIZADO?
    O pedal é utilizado para enriquecer a sonoridade do seu instrumento, também usado para fazer a ligação entre uma nota em outra sem deixar um vácuo. Ou seja, utilizado para valorizar os trechos que você deseja destacar.
  • COMO UTILIZAR?
    Na partitura o uso do pedal é indicado por um colchete virado, sabendo disso você deve pressionar o pedal até o fim do próximo colchete.

Para fazer a utilização correta não há segredo, apenas prática, igual qualquer outra atividade. Treinando você irá adquirir coordenação e fará uma execução cada vez melhor. Espero que tenha tirado as dúvidas de vocês aí, hein?! Se você está procurando mais conteúdo, vou deixar o link do nosso canal do YouTube, lá você aprende de uma forma mais dinâmica, você acessa nosso canal clicando aqui!

O Pedal Sustain você pode encontrar clicando aqui!